Análises Semanais Animes Blog

Ao-chan Can’t Study! | Episódios 2 e 3: Personagens certos. Enredo errado!

©Silver Link/Ren Kawahara
Ao-chan Can’t Study | Episódio 2 – Ao-chan não consegue rejeitar tão facilmente <> Episódio 3 – Ao-chan não consegue proteger as partes baixas

*Nota I: Ao-chan Can’t Study está sendo acompanhando semanalmente, ou seja, a cada episódio; uma análise.

*Nota II: chegou aqui por acaso e não sabe do que o anime se trata? Confira as nossas primeiras impressões a respeito – Ao-chan Can’t Study


Acho que podemos afirmar que Ao-chan está sendo um dos animes mais criticados dessa temporada. O que poderia ser uma boa história, se tornou algo fora do contexto. O romance está forte na história, porém, o papel do pai de Horie; alinhado as reações/curiosidades estranhas da mesma. Afetam a personalidade “fofa” que ela deveria ter, fazendo-a deslocar-se no anime. Outro fato a se apontar são os mal-entendidos estarem muito presentes. O que nos faz pensar: “Aaahhh que chato”.

Um pouco errado? Até demais!

O segundo episódio começa com Horie ouvindo uma conversa um pouco errada para crianças. Esse diálogo e a reação que ela teve; do tipo: “preciso descobrir qual o tamanho do órgão sexual do garoto que eu posso estar amando” (????) é totalmente fora do padrão “romance”; que era o que deveria estar prevalecendo.

©Silver Link/Ren Kawahara | “O tamanho da ben…”

Apesar disso, o papel que o Kijima exerce é simplesmente adorável. Eu amei a forma como ele se tornou insubstituível no anime. Sempre se impõe como quem diga: “eu realmente sou diferente dos outros garotos”. Mesmo SEMPRE estando em meio aos mal-entendidos, ele sempre deixa claro seus sentimentos e intenções. Kijima é um daqueles personagens que nos faz acreditar no amor verdadeiro, sabe? Super me ilude fácil, porém, Horie não é diferente dele. Talvez pelo seu trauma familiar ou por influência do pai, ela saia do caminho correto.

©Silver Link/Ren Kawahara | “Awwn!”

Agora, onde que um pai dá um livro pornô para sua filha? Totalmente errado, mesmo que tenha suas partes engraçadas, eu diria que se adicionarmos umas cenas aqui e ali; vira um ecchi. Tudo bem que o pai dela é um autor renomado de revistas eróticas, mas isso não significa que Horie precise seguir um caminho que envolva o mesmo. Ela é rígida em casa, mas fora dela se torna gentil e frágil, algo como ser inexperiente com a vida e as pessoas.

©Silver Link/Ren Kawahara | “Mas o que é isso?”
Horie & Kijima + Amigos problemáticos

O terceiro episódio me impressionou um pouco, apesar das mesmices de querer empurrar ecchi para nós; ocorrem bons momentos. Como quando a Horie se esconde no armário dos meninos e cai sob Kijima ao sair; sendo flagrada pelos colegas. Nos é provado, claramente, que ela pode sim fazer amigos, mesmo que aparente não conseguir.

©Silver Link/Ren Kawahara | “Chega no crush e aborda ele assim!”

Outro momento obrigatório a ser lembrado é o teste de coragem, mesmo sendo comum entre os animes e light novels de romcoms, esse é um momento que os personagens ficam mais próximos dos amigos ou da pessoa que gostam. Eu devo confessar que daria qualquer coisa para atuar em uma cena assim, vocês não? E é nessa cena em que os colegas ajudam esse casal a se aproximarem, muito “fofo”.

©Silver Link/Ren Kawahara | “Amigos, avante!”

Sem mais delongas vamos avaliar a decepção na cena final. Como assim não teve um beijo, Kijima? Sabemos que Horie estava em uma péssima situação, mas nem para beija-la e amarrar o casaco ao mesmo tempo?

Em linhas gerais

Mas tudo bem, vamos relevar pela questão da cultura japonesa. Foram episódios engraçados, mas que deixaram a desejar na questão contexto. Teremos uma longa jornada junto a este casal, assim espero. Vamos torcer para que esse amor se desenvolva corretamente daqui para frente. E para que Kijima realmente seja um “homão da p*rra!”. 

©Silver Link/Ren Kawahara | “Que fofo!”

Nota: C – Muffin de chocolate


©CloverWorks/Hajime Kamoshida | “A Koga representa minha expressão com esse pai “doente” da Horie…”

Ao-chan Can’t Study está em simulcast pelos serviços de streaming CrunchyrollHIDIVE.

Posts relacionados