Análises Semanais Blog

Demon Slayer | Episódio 7: na cidade grande!

Demon Slayer
©Ufotable/Gotouge Kiyoharu | “Vamos matar alguns onis!”

Demon Slayer | Episódio 7 – Muzan Kibutsuji 

Quem diria que o Tanjiro cresceria, no que diz respeito ao seu desenvolvimento, em tão pouco tempo. De fato, a sua evolução, principalmente, sobre aquela indecisão que o rapaz tinha, é muito evidente. Aliado a isso, dispomos de um roteiro pontual que já coloca no caminho do rapaz o seu maior inimigo: Muzan Kibutsuji.

O pupilo do Urukodaki já havia apresentado uma melhora considerável em batalhas naquele arco do exame de admissão, e aqui ele conseguiu mostrar o quão é bom em segurar a respiração. Para quem não se recorda, esse foi um dos fundamentos que ele mais treinou, pois toda a preparação ocorria em uma montanha de ar muito rarefeito. Há quem diga que foi “forçar a barra” o Tanjiro ter ficado tanto tempo debaixo da água, porém, eu penso que não é tão absurdo, visto seu árduo treinamento.

Além disso, o protagonista se mostra ainda mais forte psicologicamente, pois a maneira como ele lida com o rapaz frustrado depois da missão é ótima. Afinal, mostra para o telespectador que ele superou certas coisas, mesmo que tenha sido na base do ódio.

Outro bom detalhe nessa história é a Nezuko, que, assume um ótimo papel de girl power, ficando longe do posto de irmãzinha indefesa. Em outras palavras, seria meio monótono ter que acompanhar o Tanjiro sempre defendendo ela e os outros ainda, felizmente, não é isso que vem ocorrendo.

Já chegou a hora do boss principal?

Certos tipos de shounen colocariam esse personagem para aparecer lá no final, entretanto, eis que o Muzan aparece logo, e envolto em perguntas, que, no momento, estão sem respostas. É evidente que existe algo por trás de um ser humano virar um oni, e eu fiquei me perguntando se o Muzan e a Nezuko não seriam uma espécie diferente de oni, por exemplo.

©Ufotable/Gotouge Kiyoharu | “Um vilão para lá de misterioso…”

A curiosidade ficou imensa, uma vez que, o cara dispõe de uma família, ao passo que sai arranhando as pessoas por aí e as transformando em onis. O paralelo para isso me recordou um pouco de Shingeki no Kyojin, pois lá temos os titãs descontrolados, e os que são humanos transformados com uma consciência muito sóbria, sinceramente, não duvido nada de que seja algo parecido por aqui, pelo menos em premissa.

Nezuko e Tanjiro na cidade grande

Eu achei muito engraçado e curioso ao mesmo tempo ver como Tóquio já tinha ares de metrópole; mesmo naquela época. Contudo, o que me chamou mais à atenção foi o fato do protagonista andar com a sua irmã amordaçada pela rua e ninguém nem reparar nisso, sério, a menina estava amordaçada. É verdade que o público sabe o que está ocorrendo, mas os personagens inseridos na história não, ficou um pouquinho a desejar isso aí.

Porém, esse momento de “calmaria” deles na cidade, antes do encontro impactante com o Muzan, foi divertido, principalmente, se levarmos em conta que o Tanjiro não conseguiu se adaptar nada frente àquele amontoado de gente. Fazendo uma analogia, me lembrou um pouco das minhas aventuras na 25 de Março em São Paulo, olha, um lugar que ultimamente eu tento passar longe.

Demon Slayer
©Ufotable/Gotouge Kiyoharu | “Tumulto, quem é que gosta, né?!”

Em síntese, foi um episódio muito bom, apresentou novas situações, concluiu a missão que já se estendia do anterior, e deixou aquele ótimo cliffhanger para o próximo.

Nota: A – Brownie de chocolate com calda de caramelo
Não sabe
o significado das nossas avaliações? Descubra aqui: Menu de Notas.


©Connect/Masakuni Igarashi | “Esse episódio recebe o selo de aprovação da Kino”

Demon Slayer está em simulcast pelo serviço de streaming Crunchyroll.
Leia as outras análises semanais desse anime: Demon Slayer.

Posts relacionados