Análises Semanais Blog

Demon Slayer | Episódio 8: oni bom, oni mau!

Demon Slayer EP 8
©Ufotable/Gotouge Kiyoharu | “É treta das grandes!”

Demon Slayer | Episódio 8 – O aroma do sangue sedutor

É verídico que Demon Slayer continua sendo uma das melhores produções visuais da temporada, porém, se um costume de roteiro havia sido quebrado no episódio anterior, este retomou o datado discurso de “ódio” que todo bom protagonista de shounen gosta de fazer. Em outras palavras, são aquelas típicas promessas que Naruto, Asta e tantos outros sempre se veem tentados a fazer.

Porém, isso passou longe de tornar o episódio ruim, afinal, retiraram o vilão de cena de uma forma prática, e introduziram personagens novos que trouxeram grandes explicações a respeito dos onis. A Tamayo-san e o Yushiro chegaram em um momento bem oportuno para o enredo, uma vez que, a grande questão nesse momento é descobrir o porquê existem onis “bons” (que não fazem mal às pessoas), e onis “maus” (aqueles que saem devorando todo mundo).

Demon Slayer EP 8
©Ufotable/Gotouge Kiyoharu | “Esses dois são muito interessantes!”
Muito papo, muita informação, mas ainda quero mais

A sensação que eu tive durante a conversa da Tamayo-san com o Tanjiro foi de receber muitas informações, tudo bem, um belo diálogo expositivo, mas não foi um que chegaria a me incomodar. Em linhas gerais, é interessante saber, por exemplo, que existe uma maldição do Kibutsuji, e que a Tamayo-san conseguiu retirar a mesma de si; acredito que a Nezuko possa sofrer do mesmo.

Outro ponto notável foi o Muzan agindo em um beco na cidade, matando um bêbado e sua trupe, e embora o primeiro pensamento é de que ele tenha “matado por matar”, pode ser que o Kibutsuji seja um daqueles típicos “vilões nobres”. É muito cedo para apontar isso, mas o descontentamento dele com a ação do bêbado (sobre a sua aparência), dá um indicativo de que, talvez, ele queira mais aceitação do lado humano para com os onis, ou, simplesmente, tenha uma obsessão para ter sua humanidade de volta.

Em outras palavras, eu diria que o Muzan Kibutsuji pode ser um cara que optou por um caminho errado, mas que talvez tenha um pensamento bacana (essa questão sobre integrar humanos e onis), de qualquer forma, o que resta é esperar para vermos se é só maldade isso mesmo.

Alívio cômico muito bem pontuado

Uma das coisas que mais chama à atenção é como a direção consegue lidar bem aliando pontos de extrema tensão com momentos muito divertidos, afinal, tivemos uma cena muito tensa protagonizada pelo Muzan, subsequentemente, houve a conversa da Tamayo-san com o Tanjiro.

Por mais que o assunto fosse bastante sério, os pensamentos do Yushiro, as ações de represália do mesmo, e as “caras e bocas” da Nezuko se esfregando no tapete, tornavam todo o entretenimento ainda mais proveitoso.

Demon Slayer EP 8
©Ufotable/Gotouge Kiyoharu | “Tá faltando aprender boas maneiras hahaha”
Demon Slayer EP 8
©Ufotable/Gotouge Kiyoharu | “Olhando essas fofuras da Nezuko, era difícil prestar atenção na conversa hehe”

Em linhas gerais, foi um episódio muito bom e explicativo, além disso, terminamos com um ótimo cliffhanger para o próximo. Sem dúvidas, o enredo por trás dos onis é interessante, resta o anime continuar abordando o mesmo de uma forma bacana, como já vem fazendo.

Nota: A – Brownie de chocolate com calda de caramelo
Não sabe o significado das nossas avaliações? Descubra aqui: Menu de Notas.


Demon Slayer EP 8
©Ufotable/Gotouge Kiyoharu | “Esse episódio recebe o selo fofura da Nezuko de qualidade!”

Demon Slayer está em simulcast pelo serviço de streaming Crunchyroll.
Leia as outras análises semanais desse anime: Demon Slayer.

Posts relacionados