Blog Curiosidades Indústria

Heroínas que mereciam ser escolhidas em suas obras — parte II

Continuando com a lista de garotas que mereciam ter sido escolhidas como par romântico, vamos a mais cinco “pobre coitadas” que foram deixadas de lado.

Tsubasa Hanekawa (Monogatari series)
Heroínas
©Shaft/NisiOisiN/VOFON

Por mais que eu seja descaradamente adepto ao casal Araragi x Senjougahara, não tem como deixar de levar em consideração que a Hanekawa poderia ser uma ótima opção também.

Ela esteve sempre ao lado do Araragi, principalmente no momento mais crítico da vida dele, além de sempre ajudá-lo em outros momentos de crise; ou quando ele simplesmente precisou de um bom conselho.

Kosaki Onodera (Nisekoi)
©Shaft/Naoshi Komi

Tendo sido uma menção honrosa da última vez, nada mais justo do que entrar como uma representante oficial nessa.

A Onodera pode ser vista como o exemplo perfeita de namorada, sendo atenciosa, carinhosa, e uma companheira de mão cheia.

Os sentimentos dela eram sinceros, além de ser a predestinada do protagonista, mas ela acabou ficando fora da “jogada” no final.

Miuna Shiodome (Nagi no Asakura)
©P.A. Works/Mari Okada

Nagi no Asakura é um daqueles animes que tem várias reviravoltas no romance, e, por tabela, muita gente acaba sofrendo no meio disso.

A Miura é um desses casos. Por mais que ela tenha se esforçado bastante para receber a atenção do protagonista, chegando ao ponto de realmente arriscar a vida, no final, ela não consegue nada, e acaba com um:

“— Desculpa, eu amo a Emilia” na versão desse anime.

Naruko Anjou/Anaru (AnoHana)
©A-1 Pictures/ Mari Okada

O romance em AnoHana é bem linear e, dificilmente, você deseja fugir muito do que está acontecendo em cena, mas a Anjou não deixa de ser uma heroína rejeitada que poderia aparecer aqui.

Mesmo com um comportamento tsundere padrão, e algumas atitudes irritantes, ela ainda tinha um bom coração e queria ver o protagonista feliz, além de que, dentro dos contextos da história, talvez fosse a opção mais adequada para ajuda-lo a se reerguer.

Minori Kushieda (Toradora)
©J.C.Staff/ Yuyuko Takemiya (História), Yasu (Arte)

Minori é uma daquelas personagens que mereciam um final feliz por conta do seu auto-sacrifício. Ela sabia dos sentimentos do protagonista, e, posteriormente acaba criando os dela por ele, mas ainda assim decidiu priorizar a felicidade da amiga.

Além disso, ela também é uma companheira bem interessante, sendo meio “cabeça de vento”, mas ainda assim perspicaz para a maioria das coisas.

Se caiu aqui de paraquedas, leia a parte I desta série.
Confira mais curiosidades sobre a indústria dos animes.
Algumas dessas séries podem ser encontradas no catálogo do serviço de streaming Crunchyroll  — navegue e confira!

Posts relacionados