Animes Blog Curiosidades Indústria Mangás

Highschool of The Dead: como seria sua continuação?

© Madhouse / Daisuke Satō

Bom dia, boa tarde ou boa noite senhoras e senhores! Me chamo Gregory e serei seu cozinheiro nesta aventura pós-apocalíptica, onde enfrentaremos centenas de hordas de mortos-vivos em uma frenética luta pela sobrevivência. Então, junte o seu grupo, preparem os mantimentos, carreguem suas armas e acompanhe-me nesta batalha decisiva entre nós e “eles”.

O que falar de Highschool of The Dead? Uma obra digna de destaque por trazer o gênero zumbi e colegial juntos; harmônicos. Mesmo tendo ecchi em demasia, a obra ainda tem um enredo rico. O desenvolvimento dos personagens é feito passo a passo, deixando a obra fluida. Também, a violência gráfica é sensacional e chama os amantes do “gore”, visto o número pequeno de obras assim disponíveis no mercado.

Anime
© Madhouse / Daisuke Satō

Nos mostrou a evolução gradual do grupo e inseriu alguns personagens chaves para o progresso da obra. Iniciou-se com o apocalipse zumbi chegando à escola, provocando certo choque entre a realidade dos estudantes e o que estaria por vir. Devido a isso, a sobrevivência do grupo só existiu graças a experiência e amadurecimento do conjunto que se formou. Tanto que, no prosseguimento da obra, eles ficaram entre a vida e morte, porém, foram salvos pelos pais de uma das membras do grupo. Depois de um desastre, o grupo abandona o abrigo da família Takagi e tentar fugir em direção a zona leste. Após isso, não houve adaptação do mangá.

Mangá
© Fujimi Shobo / Daisuke Satō

O mangá deu prosseguimento ao anime, mas entrou em hiato quando seu autor, Daisuke Satou, faleceu em março de 2017. Acompanhamos o período do grupo com outros sobreviventes, uma série de conflitos internos e quase uma ruptura do grupo de Takashi. No “final” da obra, o encontro entre um pequeno grupo sobreviventes liderados por ele e um grupo de mais de três mil sobreviventes iria acontecer.

Continuação
© Madhouse / Daisuke Satō

Creio que a obra poderia tomar dois rumos bem distintos, primeiro: seria o “final ruim” com duas linhas. A primeira: onde todos os membros do grupo iriam morrer e de forma dramática. Além disso, a humanidade seria extinta ou se tornaria uma minúscula porcentagem.

A segunda linha seria os membros irem morrendo aos poucos, sobrando apenas Takashi. Portanto, ele se tornaria um lobo solitário no final do mundo (sejamos sinceros, mesmo que seja triste, iria ser épico). O “final bom” teria duas linhas também, a primeira seria o restabelecimento aos poucos da humanidade através de forças governamentais e consequentemente havendo uma limpeza dos mortos-vivos mas, a segunda linha seria algo menos macro. Com o grupo de Takashi liderando uma enorme quantidade de sobreviventes.

Devido a isso, seria um final bem-interessante, visto a enorme experiência que o grupo adquiriu durante o desenvolvimento da obra.

© Madhouse / Daisuke Satō

 

P.S: Querem uma notícia boa, caros sobreviventes? A obra pela Editora Fujimi Shobo está posta em hiato, não finalizada!

O que acharam dessas breves opções de continuação? Participe conosco e deixe sua sonhada continuação nos comentários!

Posts relacionados