Análises Semanais Animes Blog

Kaguya-sama: Love is War | Episódio 12: Fogos de artifício

©A-1 Pictures/Akasaka Aka
Kaguya-sama: Love is War | Episódio 12 – I Can’t Hear the Fireworks, Part 2 / Kaguya Doesn’t Want to Avoid Him

*Nota: Kaguya-sama: Love is War está sendo acompanhado semanalmente, ou seja, toda semana, uma análise.


Estamos em fim de temporada e, para a tristeza de muitos, ontem saiu o último episódio de Kaguya-sama. Hoje venho fazer o que provavelmente será minha última análise semanal sobre a obra.

O episódio 12, diferente de todos os demais, já começa tendo uma peculiaridade: esse teve apenas duas metades. Essas metades foram divididas em dois subtítulos, contrariando a ideia de haver três, como foi com todos os anteriores. Sendo assim, ocorreu um desenvolvimento maior dentro de cada um por não haver um terceiro.

Primeira metade  

A primeira metade começa exatamente onde a cena pós créditos do episódio passado acabou. Isso para mim foi um pouco surpreendente, pois não achei que fariam logo no início ou até mesmo que fariam uma cena mais “intensa”.

Pela primeira vez tivemos kaguya chorando por causa de seus problemas familiares e sentimentos. Além disso, seus pais não a deixando ver os fogos de artifício com seus amigos. Era previsível que ela iria conseguir sair, mas ver tudo dando errado mesmo ela tentando ao máximo conseguir foi de partir o coração. Todavia, o super-herói favorito da galera apareceu para ajudar nossa protagonista desamparada (Marvel contrata ele!). Irei chamá-lo de Sr. Bicicletinha, provavelmente vocês já sabem de quem se trata.

Sobre o enredo: de uma forma crítica acho que foi meio “sem sal” para um final de temporada. Assim como alguns outros animes dessa mesma temporada pecaram em seus finais, esse também pecou (os diretores estão “arrasando”). Kaguya sama sempre teve roteiros medianos e o grande destaque da obra eram eles combinados com uma boa dose de comédia. Entretanto, como esse episódio foi focado no lado mais sério, não conseguiu entregar um final digno que Shinomyia e seus amigos mereciam. Não estou dizendo de forma alguma que o final é ruim ou algo do tipo. Porém, poderia ter um desenvolvimento um pouco maior no relacionamento dos dois ou algo do tipo.

Segunda metade

Não há muito o que destacar da segunda metade, apenas que as aulas voltaram. Sendo assim, as aventuras dentro do clube do conselho estudantil estão de volta, e já voltou estranho com nosso casal não conseguindo se falar. É visivelmente explícito que tentaram por comédia ali para amenizar o clima melancólico da primeira parte. No entanto, infelizmente, não funcionou tão bem assim: as piadas não fizeram tanto impacto como outras que já apareceram em episódios passados e, ao meu ver, teria sido melhor eles focarem o episódio inteiro apenas na comédia ou apenas no drama. Tentar colocar os dois no mesmo episódio em um período de tempo muito curto é um pouco arriscado. Isso pode fazer as duas metades se contradizerem e o episódio pecar um pouco. Foi o que aconteceu dessa vez, mas vale ressaltar a intenção de fazer algo diferente no final e misturar esses dois gêneros. 

Animação e trilha sonora vocês já estão cansados de me ver comentando e falando que é boa. Obviamente que não é o foco do estúdio fazer uma animação de ponta para Kaguya. Afinal, basta comparar a animação com Sword Art Online Alicization, que estava sendo produzido paralelamente a Kaguya-sama e a animação desse estava muito superior.

Durante todos os episódios sempre dei nota “A” para os episódios e alguns quis dar “S”. Entretanto, eu não qualificava essa nota, pois achei que poderia melhorar e trazer algo ainda melhor. Durante todos os episódios foi assim, mas infelizmente no último não foi tanto. Portanto, terei que manter a nota A para ele, entretanto, não se enganem: o episódio é realmente bom, mas eu esperava mais.

Nota: A – Brownie de chocolate com calda de caramelo

©A-1 Pictures/Akasaka Aka

Kaguya-sama: Love is War está em simulcast pelo serviço de streaming Crunchyroll.

Posts relacionados