Blog Curiosidades Indústria

Os piores clichês utilizados nos animes

Acho que a maioria já deve ter, em algum momento, encontrado alguma situação nas histórias de animes que fizesse “virar os olhos” e ficar pensando: “— por quê?”.

Clichês quase sempre são uma “espada de dois gumes”, podendo ajudar a obra, como também destruí-la, sendo assim, achei que podia ser legal reunir alguns clichês que têm esse efeito negativo quando mal-utilizados.

Desencontros e confusões
©Pine Jam/Sekina Aoi | “Gamers e seus mal-entendidos”

Paciência tem limite, e constantes desencontros ou erros de interpretação acabam fazendo a história soar desgastante e sem graça.

Dentre as varias formas de se fazer isso, a que mais me incomoda são aquelas que causam desencontro entre dois personagens, como por exemplo, alguém entrar por uma porta, enquanto o outro saí pela outra no mesmo momento, e com isso eles nunca se encontram.

Além disso, tem também aqueles lapsos mentais que alguns personagens têm, não conseguindo terminar a frase ou simplesmente sendo interrompido no meio, e com isso fazendo com que algo simples de se resolver, se torne uma grande confusão na história.

O poder da amizade
©A-1 Pictures/Hiro Mashima | “Fairy Tail e seu poder da amizade”

Um dos grandes vilões da maioria dos shounens e animes de ação — o poder da amizade (protagonismo) tem a capacidade de jogar fora tudo o que a história construiu para criar um desfecho emotivo em cima do protagonista ou de qualquer outro personagem da obra.

Um bom exemplo disso seria um personagem dito como fraco, conseguir derrotar um inimigo muito mais forte do que ele, apenas por ter se lembrado de uma promessa que fez ou de alguém que precisa proteger.

Haréns
Clichês
©Production Reed/Patora Fuyuhara | “Isekai wa Smartphone e seu harém genérico”

Calma, calma, eu não vou dizer que haréns são ruins, mas convenhamos, alguns exageram no quão natural eles podem ser.

O grande problema do uso desse clichê romântico é que, em alguns casos, acabam forçando relacionamentos que parecem exagerados, como as garotas se apaixonarem pelo protagonista pelos motivos mais bobos possíveis, ou por ele, literalmente, ser o protagonista.

Reencarnação
Clichês
©Encourage Films/Takeru Uchida | “Isekai Cheat Magician: um dos piores de 2019”

Acho que já tivemos isekais o bastante para dizer que isso tem se tornado um clichê cansativo.

Não levando muito em consideração a qualidade geral do gênero em questão, o uso desse mecanismo para introduzir o protagonista ao outro mundo se tornou desgastado, fazendo surgir um monte de obras “iguais”, o que, ao menos para mim, o coloca em uma situação de clichê ruim.

Reconciliações exageradas
©LIDENFILMS/Kosuke Hamada | “Hanebado e seus dramas forçados” 

Perdoar é importante, e é interessante ver os personagens passando por um processo de redenção, mas em certos casos, isso acaba se tornando um anticlímax bem ruim.

Dependendo dos motivos ou ações do vilão da história, é difícil engolir que o protagonista perdoou tão facilmente; fora os casos em que essa reaproximação acaba jogando fora todo o processo de evolução que o personagem passou até ali, apenas para garantir uma cena “dramática”.

Lembra de mais alguma cena ou situação clichê que pode acabar tirando o brilho de uma boa história? Comente aí em baixo.

Todos os animes usados como exemplo nas imagens estão disponíveis no catálogo do serviço de streaming Crunchyroll — navegue e confira!
Confira mais artigos de curiosidade sobre a indústria dos animes.

Posts relacionados