Blog Primeiras Impressões Temporada de Primavera

Primeiras Impressões: Carole & Tuesday

©Bones/Shinichiro Watanabe | “Que visual sensacional!!”
Carole & Tuesday – Descrição técnica

Diretor: Shinichiro Watanabe
Estúdio: Bones
Adaptado de: (–) obra feita originalmente para a TV
Data de estreia: 11 de abril de 2019
Gênero: Drama, Ficção científica, Musical 

Breve introdução: cinquenta anos se passaram desde que a humanidade começou a migrar para a nova fronteira: Marte. É uma época em que a maior parte do entretenimento é produzido por IA’s, e as pessoas se contentam em serem consumidores passivos.

Há uma garota, vivendo a vida na metrópole da Cidade Alba, que, trabalha meio período enquanto tenta se tornar uma musicista. Ela sempre sentiu que algo está faltando. O nome dela é Carole. Há outra garota, nascida em uma família rica na cidade de Herschel, que, sonha em se tornar uma musicista, mas ninguém ao seu redor a compreende.

Ela se sente a pessoa mais solitária do mundo. O nome dela é Tuesday. Um encontro casual as une. Elas querem cantar. Elas querem fazer música. Juntas, sentem que podem ter uma chance.


Breno Santos – CEO do Café Stile 

A melhor estreia da temporada. Possivelmente, será um dos melhores animes do ano. A produção está impecável, e as personagens principais dispõe de um carisma sem igual. Carole & Tuesday não é uma obra qualquer, afinal, é a produção que marca os 20 anos do excelentíssimo estúdio Bones.

©Bones/Shinichiro Watanabe | “Essa “continha” no Instagram existe de verdade, viu, gente? Sigam lá!”

Nota: 5/5 – Expresso Macchiato
☕☕☕☕☕


Jacó Neto – Editor do Café Stile

Existem poucas sensações tão prazerosas do que ter grandes expectativas em algo e elas serem cumpridas, até mesmo superadas. Isso, pois, foi exatamente o que aconteceu comigo nessa estreia de Carole & Tuesday. Eu já estava de olho nessa obra há muito tempo, acompanhando qualquer novidade que saía dela, como a série “Story of a Miracle”, uma espécie de making of da produção do anime, disponível no seu canal oficial do Youtube.
Veja aqui: Story of a Miracle

Praticamente tudo sobre ela chamava minha atenção, desde a equipe de primeira na produção visual até os nomes de peso responsáveis pela trilha sonora — algo, decerto, muito importante em um anime musical.

Por conta disso, imaginem minha felicidade quando o episódio finalmente saiu e fui agraciado com tudo que eu esperava? A parte técnica está deslumbrante, esbanjando consistência e uma bela direção. A fluidez também estava presente, quando necessária; as performances musicais, por exemplo, foram animadas por Takashi Mitani com o auxílio de rotoscopia, resultando em algo digno de aplausos.

E não para por aí! 

Além disso, a construção visual do mundo está muito envolvente, passando, perfeitamente, o ar futurista da obra a todo momento. Agradeçamos aos estrangeiros Thomas Romain e Stanislas Brunet por isso.

A parte musical também foi um espetáculo à parte, sendo, provavelmente, a coisa que mais chama a atenção do público no episódio. Tanto a soundtrack composta pelo Mocky quanto as performances da Nai BR.XX e da Celeina Ann — Carole e Tuesday, respectivamente — foram muito envolventes. E, pela prospectiva, a tendência é só melhorar daqui pra frente, visto que, nesse episódio, elas estavam apenas iniciando suas carreiras.

©Bones/Shinichiro Watanabe | “Que visual incrivelmente tecnológico!”

Não bastasse isso, o roteiro em si estava ótimo; soube apresentar bem as personagens principais sem a necessidade de utilizar muitos diálogos expositivos. Outra coisa que dá para notar é a riqueza temática dessa história, que explora desde as relações humanas através da música até questionamentos acerca de inteligência artificial — tudo de maneira interativa, passando longe de ser chato.

Até mesmo a denominação das coisas têm algum significado. O nome da cidade da Tuesday, por exemplo, é “Hershell”, que, em uma tradução literal bem ruim, seria algo como “Concha dela”, fazendo referência ao fato de que aquele local mantinha ela basicamente presa, impedindo-a de realizar suas ambições.

Enfim, quero agradecer profundamente ao diretor Shinichiro Watanabe por me deixar presenciar algo tão belo. Foi, sem eufemismos, uma das melhores estreias que já vi desde que comecei a assistir a animes.

Nota: 5/5 – Expresso Macchiato
☕☕☕☕☕


Vinicius Raphael – Diretor de Inovação do Café Stile 

Um dos mais aguardados dessa temporada e se não o melhor anime da mesma (arrisco a dizer isso até que me provem o contrário). Carole & Tuesday encantou-me desde o inicio, seja com as referências visuais – vide os letreiros em neon – seja com a citação de uma cantora conhecida no início da década de 80 ou a mistura entre tecnologia e marginalização (no bom sentido). Roteiro, trilha sonora e animação impecável.

©Bones/Shinichiro Watanabe | “Lindas!!”

Minha deixa é clichê, mas cabe a esse anime. E como cantou Cindy Lauper: Girls Just Want To Have Fun (Garotas só querem se divertir).

Nota: 5/5 – Expresso Macchiato
☕☕☕☕☕

Nota média da Staff: 5/5 – Expresso Macchiato 
☕☕☕☕☕


©Shaft/Naoshi Komi | “Essa estreia é tão maravilhosa quanto a Chitoge!”

Carole & Tuesday está em simulcast pelo serviço de streaming Netflix; em algumas partes do mundo.

©Bones/Shinichiro Watanabe | “Não ouse deixar de assistir! – by Carole”

Posts relacionados