Blog Primeiras Impressões Temporada de Inverno

Primeiras Impressões: Date A Live Ⅲ

©J.C. Staff/Kouchi Tachibana
Date A Live Ⅲ – Descrição técnica

Diretor: Keitaro Motonaga
Autor original: Koushi Tachibana
Estúdio: J.C. Staff
Adaptado de: Light Novel
Data de estreia: 11 de janeiro de 2019 (pré-estreia em 7 de janeiro)
Gêneros: Comédia, Ficção científica, Harém, Romance, Vida escolar

Breve introdução à obra: terceira temporada de Date a Live. Há 30 anos, o planeta começou a sofrer com uns eventos chamados de tremores espaciais. Entretanto, esses desastres, aparentemente, naturais, são causados por lindas garotas: conhecidas como espíritos. A única forma pacífica de detê-las, é levando-as a um encontro e as conquistando. Cabe a Shido, o protagonista, fazer isso.


Matheus Boruto – Redator do Café Stile 

O que falar “disso”?!

Assim, não é de todo mal, e dá para assistir tranquilamente, entretanto, vamos aos fatos. A animação não é horrível, mas ainda é ruim, só não chega a ser pior que a irmã deformada, afinal, tiveram momentos em que ela esteve aceitável.

©J.C. Staff/Kouchi Tachibana | “Pelo menos não deixaram a Kotori tão defeituosa…”

Enredo? Sinceramente, essa terceira temporada não começou me atraindo. A nova garota dá uma de louca o episódio todo, e se a temporada for toda ou mais da metade baseada nela; tenho quase certeza de que minha nota vai diminuir mais. Porém, darei uma chance ao anime, veremos se o enredo salva a falta de uma schedule competente.

Nota: 2/5 – Café cortado 


Breno Santos – CEO do Café Stile

Estou entristecido devido ao dowgrade enorme que essa season sofreu. O cronograma de produção está horrível, imagino o “inferno” que o estúdio J.C. Staff deve estar em seus bastidores. Porém, como fã da obra, seguirei acompanhando pela história.

©J.C. Staff/Kouchi Tachibana | “Majihikuwaa!!”

Ela aparenta ser promissora, entretanto, espero que a season não foque somente em uma garota. Sobretudo, o retorno que eu mais espero é o da Kurumi. De longe, a melhor personagem dessa produção; cativante e maravilhosa.

Nota: 2/5 – Café cortado 


Jacó Neto – Redator do Café Stile

Eu tentei. Juro que tentei prestar atenção apenas na história, mas simplesmente dão dá. A agenda de produção dessa temporada de Date a Live está claramente terrível; somando esse fato à quantidade absurda de projetos que o estúdio J.C. Staff vem pegando, tivemos um primeiro episódio, no mínimo, muito mal-acabado — isso sendo bem generoso, quase um filantropo.

©J.C. Staff/Kouchi Tachibana | “My eyes!”

Ele foi composto, basicamente, por diversas expressões faciais repetitivas e falhas. Foi tarefa hercúlea encontrar um frame minimamente decente para a screenshot. Pelo menos o enredo segue com aquele estilo divertido característico das temporadas anteriores. A heroína nova também mostrou-se bem interessante.

Nota: 2/5 – Café cortado
Nota média da Staff: 2/5 – Café cortado 


©CloverWorks/Hajime Kamoshida | “A Koga representa a insatisfação da staff com essa troca de estúdio; além da péssima produção.”

Posts relacionados