Blog Primeiras Impressões Temporada de Inverno

Primeiras Impressões: Gotoubun no Hanayome

©Tezuka Productions/Negi Haruba | “Quíntuplas, é mesmo?!”
Gotoubun no Hanayome – Descrição técnica

Nome alternativo: The Quintessential Quintuplets
Diretor: Satoshi Kuwabara
Autor original: Negi Haruba
Estúdio: Tezuka Productions
Adaptado de: Mangá
Data de estreia: 11 de janeiro de 2019
Gênero: Comédia Romântica, Harém, Vida escolar

Breve introdução à obra: E se você tivesse a oportunidade de ser um tutor de irmãs quíntuplas? Gotoubun no Hanayome traz exatamente essa premissa. Uesugi, protagonista da obra, pertence a uma família pobre. Porém, um dia ele recebe uma oferta para ser tutor e ganhar bem, entretanto, ele não esperava que fossem cinco irmãs problemáticas que virariam sua vida de cabeça para baixo.


Breno Santos – CEO do Café Stile 

Como leitor do mangá, senti um pouco de falta de originalidade por parte do diretor. Ele, praticamente, usou todos os quadros dispostos no mangá. Entretanto, a premissa é muito atrativa. As quíntuplas são garantia de todo tipo de sentimento possível.

©Tezuka Productions/Negi Haruba | “Minhas provas com nota zero…”

É uma obra divertida e diferente para os amantes de comédias românticas. As personagens são carismáticas e envolventes. O que, de longe, consegue dar um brilho diferenciado para a obra e fazê-la ser divergente de outros romances comuns.

Nota: 3/5 – Café expresso


Matheus Boruto – Redator do Café Stile 

O Character Design é lindo demais, sinceramente, todos os personagens ficaram muito bons nesse quesito e estão quase idênticos ao mangá.

©Tezuka Productions/Negi Haruba | “É treta!!”

Vamos ao enredo, eu simplesmente amei! Achei cinco waifus em apenas um anime, caramba. É muito engraçado, e dá um pouco de pena do protagonista às vezes. Eu me senti como a Itsuki, quando a irmã do Fuutarō pediu para que ela voltasse para jantar. Com certeza verei até o fim!

Nota: 4/5 – Café au lait 


Jacó Neto – Redator do Café Stile 

Inicialmente, devo dizer que não sou nenhum novato quando se trata de 5-Toubun no Hanayome. Isso porque acompanho o mangá antes mesmo da sua “serialização”; desde o one-shot, para ser mais exato. Simpatizo bastante, pois, com essa divertida história sobre um cara que deve servir de tutor para jovens quíntuplas ricas.

©Tezuka Productions/Negi Haruba | “Quem será a sorteada?!”

Essa adaptação, contudo, foi no mínimo pobre. A “animação” mostrada é composta basicamente por um copy/paste colorido dos quadros da obra original — a diferença é que, no mangá, o timing cômico é decente e as garotas são mais simpáticas e expressivas. Pelo visto a pressa que os produtores tiveram (anunciaram o anime antes mesmo da obra completar um ano!) não resultou em boa coisa; como esperado.

Mas não foi tudo perdido, a escolha de seiyuus foi ótima, por exemplo — algo especialmente importante nesse tipo de anime. A opening com elas ficou legal também. Fora isso, não vejo nenhum motivo para assistir ao anime ao invés de ler o mangá.

Nota: 2/5 – Café cortado
Nota média da Staff: 3/5 – Café expresso


©TROYCA/Nio Nakatani | “Parece que a Yuu se surpreendeu com o título!”

Gotoubun no Hanayome está em simulcast pelo serviço de streaming Crunchyroll.

Posts relacionados