Blog Primeiras Impressões Temporada de Primavera

Primeiras Impressões: One Punch Man 2nd Season

©J.C. Staff/ONE/Yusuke Murata | “E lá vamos nós falar disso…”
One Punch Man 2nd Season – Descrição técnica

Diretor: Chikara Sakurai
Autor original: ONE (roteiro) & Yusuke Murata (ilustração)
Estúdio: J.C. Staff
Adaptado de: Mangá
Data de estreia: 10 de abril de 2019
Gênero: Ação, Comédia, Ficção Científica, Paródia, Sobrenatural

Breve introdução: um aumento na aparição de monstros faz com que a Organização dos Heróis se preocupe com o fato de que a “profecia do fim” está perto de se concretizar. Em um esforço para aliviar os heróis sobrecarregados, eles se voltam para os vilões em busca de ajuda. A decisão parece pouco recomendável, já que pelo menos um vilão, Garou, o caçador de heróis, está mais interessado em ajudar a profecia do que em evitá-la.


Pedro Guaraná – Podcaster do Café Stile 

A situação de One Punch Man é totalmente preocupante. Antes mesmo de o anime sair, nos já tínhamos informações falando que a produção estava totalmente atrasada. Nesse primeiro episódio, nos até tivemos cenas boas e frames bem detalhados, mas longe do nível da primeira temporada.

©J.C. Staff/ONE/Yusuke Murata | “Olha que frame “lindo” do Genos…”

E qual o motivo de se falar tanto em animação? Pois foi devido a ela que One Punch Man tornou-se famoso. O anime virou um hit em 2015, justamente, pelas suas belas cenas de luta. Sem elas, o anime vira só mais um de luta genérico qualquer. O timing cômico continua bom, mas eu senti uma leve inferioridade se formos comparar com a primeira temporada. Enfim, a minha projeção é que a situação piore ainda mais.

Nota: 2/5 – Café cortado
☕☕


Vinicius Raphael – Diretor de Inovação do Café Stile 

Caiu? E como. A animação decaiu e, provavelmente, não irá melhorar após esse primeiro episódio. Triste? Talvez. O que me fez ver o episódio inteiro foi mais gosto pessoal em relação à história do que a animação em si. E adianto que, além disso, a abertura ficou boa. O soco dessa vez foi em nós e não nos vilões.

©J.C. Staff/ONE/Yusuke Murata | “Não adianta pedir desculpas…”

Nota: 2/5 – Café cortado
☕☕


Jacó Neto – Editor do Café Stile 

E o episódio mais temido entres as estreias chegou. Creio que quase toda a comunidade já sabe — ao menos superficialmente — que houve uma péssima mudança de staff da primeira para a segunda temporada do anime mais popular dos últimos 5 anos. Inclusive, para mim, é algo ainda mais tenebroso, visto que tenho a produção visual como um dos principais pontos de apreciação de uma obra.

©J.C. Staff/ONE/Yusuke Murata | “Team Fubuki é a melhor coisa da season!”

Pois bem, qual foi o resultado prático da mudança? Inicialmente, devo dizer que houve, de fato, alguma movimentação e vários frames detalhados. No entanto, a direção de ação ficou horrível, e o timing cômico pior ainda. No geral, conseguiram manter o episódio, ao menos, mediano. Se compararmos com a primeira temporada, o negócio fica mais feio ainda.

O problema será visto, definitivamente, nos próximos episódios; tendo em vista que o cronograma de produção está uma bagunça. E em relação ao plot… ah, é legal, mas simplesmente não consegui avaliar muito isso. Passei o episódio inteiro como o Saitama na imagem abaixo.

©ONE/Yusuke Murata | “My eyes!!!”

Nota: 2/5 – Café cortado
☕☕
Nota média da Staff: 2/5 – Café cortado
☕☕


©MAPPA/Munehisa Sakai/Shigeru Murakoshi | “Esse atropelamento resume essa troca de staff!”

Posts relacionados