Animes Blog Reviews

Review: Ascendance of a Bookworm

Bookworm
©Ajia-Do/Miya Kazuki
Ascendance of a Bookworm — descrição técnica

Nome original: Honzuki no Gekokujou: Shisho ni Naru Tame ni wa Shudan wo Erandeiraremasen
Diretor: Mitsuru Hongou
Estúdio: Ajia-Do
Número de episódios: 14
Autora original: Miya Kazuki
Adaptado de: light novel
Gênero(s): fantasia e slice of life

Ascendance of a Bookworm é uma obra com uma proposta bem diferente, que pode até parecer desinteressante de inicio, mas que certamente surpreende em sua execução.

Isekai diferentão

A história do anime segue um padrão bem conhecido por muitos. Uma garota morre durante um acidente, e acaba sendo reencarnada no corpo de uma garotinha em um outro mundo, porém, é aí que as coisas começam a ficar interessantes.

Diferente do padrão de ação, a garota não tem nenhuma aspiração a aventureira, e tudo o que ela quer é ler os livros que tanto ama. Entretanto, isso não é possível, pois o mundo no qual ela foi reencarnada, somente os nobres e ricos têm acesso à literatura.

A ideia pode parecer estranha, mas a obra consegue executá-la muito bem; mostrando os processos da garota para tentar encontrar um jeito de criar seu próprio livro.

Isso leva a diferentes ideias e situações, muitas vezes ensinado coisas interessantes sobre as formas que o papel teve durante a evolução da humanidade, o que deixa a história mais divertida.

Vale também ressaltar que nem tudo funciona perfeitamente para a protagonista, então a incerteza de que os processos que ela fez vão dar certo, acaba deixando a história com aquele “ar de imprevisibilidade”.

Personagens divertidos

Aproveitando para falar da protagonista, ela é extremamente carismática, conseguindo te conquistar em poucos episódios.

A direção consegue manter bem o humor com alguns quadros mais simples dentro dos pensamentos dela, e isso ajuda a deixar as coisas mais divertidas de acompanhar.

Os demais personagens do elenco também dispõem de seu charme, em especial o Lutz, amigo da protagonista. Ele está sempre do lado dela, e acaba se tornando um dos principais pilares da garota nas empreitadas de criar os livros.

Porém, ele não se resume apenas à mão-de-obra da Myne, pois o Lutz tem seu desenvolvimento, e expressa bem seus pontos de vista sobre o futuro e coisas que pretende fazer, o que acaba dando bastante relevância para ele dentro da história.

Já os outros personagens ficam naquela linha de serem realmente apoio ou formas de movimentar a história. Todos são bem carismáticos, então você não se enjoa deles.

Construção de mundo

Outro aspecto legal de Honzuki é a sua construção de mundo. Além de trazer um diferencial com a situação da protagonista, a autora detalha bem os esquemas sociais e hierárquicos do reino no qual a Myne vive, dando bastante contexto para a divisão entre plebeus e nobres; além dos hábitos de cada um.

Para quem gosta de slice of life, essa parte é um “prato cheio”, com bons momentos do cotidiano dos personagens sendo mostrados.

Dramas bem pensados

Por mais que os dramas de Honzuki não sejam complexos, eles ainda têm o seu valor. Dentre eles, o que mais se destacou para mim foi a reencarnação da garota.

Como ela assumiu o corpo de uma criança que já tinha certa idade, é normal esperar que houvesse uma certa diferença entre os comportamentos.

Alguns personagens não dão muita importância para isso, porém, novamente, o Lutz entra como uma peça-chave, questionando abertamente as mudanças que a amiga de infância passou, e criando um drama bem estruturado sobre isso, que acaba te deixando curioso para saber como as coisas vão se resolver, e se ele vai aceitar que existe outra pessoa “dentro” da amiga, ou irá se afastar.

Além desse ponto, o final traz uma situação bem crítica, com os pais da Myne se envolvendo em um problema que relembra bem que aquele é um mundo no qual a hierarquia social fala mais alto, o que acaba também te deixando tenso sobre o que pode acontecer.

Em linhas gerais

Bookworm é um isekai para aqueles que querem fugir do senso comum que está “aos montes” em todas as temporadas. A história é muito bem desenvolvida, e o carisma dos personagens consegue fazer com que até os mais simples eventos se tornem divertidos.

Para quem ficou um pouco inseguro sobre a proposta ser tediosa, posso garantir que tudo funciona muito bem, e que vale a pena a tentativa.

Nota: 8 — Cappuccino


©P.A. Works/Toshiya Shinohara | “Esse show merece o selo Hitomi da primavera de qualidade!”

Ascendance of a Bookworm está disponível no catálogo do serviço de streaming Crunchyroll.
Leia mais reviews acessando ao nosso índice.
Confira mais reviews referentes ao outono de 2019.

Posts relacionados