Animes Blog Reviews

Review: Isekai Maou to Shoukan Shoujo no Dorei Majutsu

©Ajia-Do/Yukiya Murasaki
Isekai Maou to Shoukan Shoujo no Dorei Majutsu – Descrição técnica 

Nome alternativo: How Not to Summon a Demon Lord
Diretor: Yūta Murano

Autor original: Yukiya Murasaki 
Estúdio: Ajia-Do
Adaptado de: Light Novel 
Gênero: Comédia, Ecchi, Fantasia, Magia 

Personagens

Sobre os personagens? Bom, por eles eu tenho um enorme carinho. O protagonista é invocado a esse outro mundo de um jeito completamente diferente; o que reforça ainda mais a comédia dos primeiros episódios. No entanto, ele dispõe de duas parceiras de viagem muito legais. Não são aquelas típicas personagens chatas de animes que somente sabem ficar resmungando. Elas acrescentam e dão uma surra de carisma em muita gente. 

©Ajiado/Yukiya Murasaki | “Melhor protagonista, sim ou claro?”

Merecem destaque: Diablo e Rem.
Surpreenderam: Sheera e Alicia.
Poderiam ser mais aproveitados: Sylvie, Glebsklem e Emile. 

Análise técnica 

Falando um pouco da parte técnica, o anime é muito bonito visualmente. Há algumas cenas de batalhas bem-empolgantes. Além disso, a fotografia é interessante, uma vez que, trabalha tons claros e quentes – que reforçam a comédia da obra, outrossim, não deixam o enredo perder sua essência que tem de drama e ação. 

©Ajiado/Yukiya Murasaki | “Bom dia!”

Os temas musicais também merecem um destaque. A abertura dispõe de um som moderno que traz uma musiquinha chiclete que fica no cérebro de qualquer um que a escute mais de uma vez. Seguindo essa linha, o tema do encerramento é muito “fofo” – o que contradiz, completamente, a proposta nas “entrelinhas” do anime; que trata de um lorde demoníaco. 

Composição de série 

Animes de isekai estavam em decadência? Isekai Maou conseguiu proporcionar aos fãs do gênero um retorno as origens daquela época de bons animes que era o ano de 2012. Nostalgia, certamente, foi um dos sentimentos que o anime conseguiu retomar. 

Atualmente, estamos atolados em clichês quando tratamos de isekais. Um protagonista “overpower” chega a outro mundo e várias garotas se apaixonam por ele e, na maioria das vezes, ele acaba não ficando com ninguém. Entretanto, a obra consegue trazer o que eu nomeei de “harém discreto”. 

©Ajiado/Yukiya Murasaki | “Diablo e seu harém discreto!”

Sobre os pontos negativos, diria que esperava mais do final e certas “traições” foram um tanto quanto forçadas; porém, isso não tira o mérito da obra que, desde o seu princípio, já veio com o pé na porta para ser uma dos melhores da temporada.

Recomendação aos nossos clientes

A produção é para você que busca algo diferente nesse gênero de isekai. Se, por um acaso, você quer dar boas risadas, recomenda-se muito o anime, entretanto, se não curte esse estilo de obra, melhor passar longe, pois as coisas não diferem muito. 

©Ajiado/Yukiya Murasaki | “Dá uma chance para a obra, vai?”

How Not to Summon a Demon Lord está disponível pelo serviço de streaming Crunchyroll

Nota: 7 – Café submarino

Posts relacionados