Animes Blog Reviews

Review: Kekkai Sensen

©Bones/Nightow Yasuhiro
Kekkai Sensen – Descrição técnica

Diretor: Matsumoto Rie
Autor original: Nightow Yasuhiro
Estúdio: Bones
Adaptado de: Mangá
Gênero: Ação, Comédia, Sobrenatural

Personagens

Antes de mais nada, devo elogiar o fato de que os personagens são, em geral, extremamente divertidos. Assim como boas construções melhoram bastante um roteiro, é inegável que se faz muito prazeroso acompanhar uma obra cujo elenco consegue instigar-nos através do carisma. Nesse sentido, o anime acerta em cheio ao entregar um protagonista relativamente comum — na medida do possível — rodeado de excêntricos. A interação entre um adolescente com olhos de Deus e vários inumanos em um ambiente urbano nos EUA é certamente interessante.

©Bones/Nightow Yasuhiro

No entanto, o anime peca um pouco no tocante aos desenvolvimentos — ausentes — de alguns personagens; especialmente dos vários integrantes da organização Libra.

Merecem destaque: Leonardo Watch, Claus von Reinherz
Surpreenderam: Zapp Renfro, Mary Macbeth
Poderiam ser mais aproveitados: Sumeragi Chain

Análise técnica

Inegavelmente, a produção de Kekkai Sensen não pode ser somente considerada boa. Deve ser considerada, no mínimo, espetacular. Sério, não há praticamente nenhum aspecto técnico que possa ser criticado aqui. Primeiramente, a animação do estúdio Bones estava acima, até mesmo, dos seus altos padrões. Eles, por exemplo, alocaram boa parte dos seus principais profissionais — como o Yutaka Nakamura — para a produção. Isso resultou, portanto, em explosivamente bem feitas cenas de ação.

©Bones/Nightow Yasuhiro

Ademais, até a trilha sonora é digna de nota, tendo em vista a quantidade massiva de ótimas OST’s líricas. O compositor, Iwasaki Taisei, soube elaborar, com maestria, insert songs muito marcantes. Outrossim, a abertura “Hello World“, de Bumb of Chicken, e, principalmente, o criativo encerramento “Sugar Song to Bitter Step“, de Unison Square Garden, também são incríveis.

Composição de série 

Este é um dos casos em que não seguir à risca o material original foi um bom negócio. Isso porque o mangá que deu origem ao anime é de caráter episódico, ou seja, não há a presença de uma trama linear. Todavia, a diretora, Matsumoto Rie, foi bastante feliz na sua ideia de criar elementos originais, com o intuito de unir os episódios de alguma forma. A termos de curiosidade, os irmãos Macbeth são “invenções” do anime, criados basicamente para haver uma espécie de história central.

©Bones/Nightow Yasuhiro

Como resultado, tivemos uma trama que tem sim traços episódicos, mas que, ainda assim, consegue elaborar cliffhangers. Embora, como citado anteriormente, o anime possua muitas cenas de ação, creio que ele não seja essencialmente sério. É meio fácil perceber que o estilo é mais voltado à comédia, nesse sentido podendo ser comparado a One Punch Man.

Recomendação aos nossos clientes

Caso você esteja à procura de um anime frenético, bem-animado e atolado de ação, creio que Kekkai Sensen é uma das melhores opções possíveis. Não bastasse isso, sua comédia é ótima e temos até romance! O final é emocionante e bonito. Enfim, não vejo muitos motivos para não dar uma chance, a menos que você não goste de cenas muito exageradas.

©Bones/Nightow Yasuhiro

Nota: 8 – Cappuccino

©A-1 Pictures/Tsukasa Fushimi | “É bom ao ponto da Kirino trocar os eroges dela para assisti-lo!”

Kekkai Sensen está em simulcast pelo serviço de streaming Crunchyroll.

Posts relacionados