Animes Blog Reviews

Review: Machikado Mazoku

Machikado Mazoku
©J.C. Staff/Izumo Ito
Machikado Mazoku – descrição técnica

Nome alternativo: The Demon Girl Next Door
Diretor: Hiroaki Sakurai
Estúdio: J.C. Staff
Número de episódios: 12
Autor original: Izumo Ito
Adaptado de: mangá
Gênero: comédia, magia e slice of life

Antes de mais nada, tenho que dizer que sou um daqueles casos que adora animes no estilo de Machikado Mazoku; com clima suave e garotinhas fofas, então, naturalmente, a obra me chamou bastante à atenção – mesmo antes do lançamento.

A questão, no entanto, é que mesmo dentro das minhas expectativas, o anime conseguiu surpreender, e entregar, além de um entretenimento divertido, uma história agradável de acompanhar, junto de personagens que valeram a pena conhecer.

Garotas mágicas x garotas-demônio

Por mais que a premissa de garotas mágicas lutando contra o mau não seja novidade, Machikado traz uma proposta interessante.

A troca de perspectiva, colocando uma protagonista meio-demônio no lugar de uma garota mágica, acaba por fazer com que a obra tenha um certa identidade, e a execução dessa ideia, por sua vez, faz com que as coisas se saiam bem.

O anime consegue trabalhar adequadamente essa questão de ter uma garota-demônio lutando contra uma mahou shoujo.

Não é uma luta em sentido literal, já que o foco do anime é a comédia, e esse embate acaba sendo apenas o palco para muitas falhas da protagonista, já que ela não tem qualquer aptidão para isso, além, claro, da mahou shoujo ser bem mais forte do que ela.

O ponto, no entanto, é que isso funciona bem, servindo como alivio cômico e mantendo sempre a história movimentada. Os planos dela não funcionam, e na maior parte do tempo, as duas agem mais como amigas do que inimigas, mas no fundo, é isso que torna legal a produção.

Ganbare, Shamiko!

Ao menos para mim, um dos pontos fortes do anime é a protagonista. Além de ter uma personalidade agradável, a forma como ela tenta resolver seus confrontos, normalmente, a leva ela para problemas nas suas tentativas de confrontar a mahou shoujo; o que acaba sendo bastante engraçado.

A maneira como ela evolui, se é que podemos chamar assim, também é interessante, e mostra que, mesmo não se tornando alguém forte, ela ainda passa boa parte do tempo se esforçando, e buscando formas de ajudar a sua família.

Não pense que venceu essa!

Se estamos falando da protagonista, não tem como não falar da sua contraparte. A Momo, mahou shoujo que precisa ser derrotada, certamente dispõe de seu valor no anime.

Por mais que ela tenha uma personalidade apática, o que ironicamente contrasta bem com o esteriótipo de garotas mágicas, ela ainda consegue ser uma personagem interessante de acompanhar.

O foco do anime é a comédia, mas é durante o desenvolvimento da Momo que as coisas tomam um ar mais sério.

Mesmo não sendo trabalhado de forma clara, você sente que existe um peso na vida da personagem por ser uma mahou shoujo. Em algumas situações, ela até mostra culpa pela condição em que a família da protagonista foi colocada, já que a Shamiko não é nem de perto uma demônio cruel que precisa de punição.

Sério, mas na medida certa

Aproveitando para falar dessa questão do enredo, o anime como um todo não é sério, e isso você percebe pela forma dos episódios, que passam boa parte do tempo fazendo piada e coisas do tipo, porém, isso não limita a história a ficar presa somente a comédia.

O final do anime, em especial, explica muita coisa sobre a protagonista e toda a situação envolvendo sua família e as garotas mágicas, inclusive, tomando um ar mais dramático em alguns pontos.

É interessante ressaltar isso, já que acaba sendo um bônus legal para quem acompanhou a história.

Você nota que existe realmente um mundo por trás de toda aquela comédia, e que mesmo com brincadeiras, as coisas ainda dispõem de um toque de seriedade.

Infelizmente, por conta disso, o anime acabou tendo um final aberto, já que a explicação sobre o passado da protagonista acaba se ligando a uma nova fase da história. Entretanto, como falei mais acima, por justamente explicar esses pontos importantes, você sente que a história teve um ponto final.

Em linhas gerais

Para quem está acostumando com esse gênero moe, certamente, vale a pena assistir ao anime. As personagens são bem divertidas, e a comédia funciona bastante. Para quem não é lá muito fã desse tipo de obra, pode ser interessante dar uma chance – e acabar se surpreendendo.

Nota: 8 – Cappuccino


©P.A. Works/Toshiya Shinohara | “Este anime merece o selo Hitomi da primavera de qualidade!”

Machikado Mazoku está disponível no catálogo do serviço de streaming HIDIVE.
Leia mais reviews acessando ao nosso índice.
Confira 
mais reviews referentes ao verão de 2019.

Posts relacionados