Animes Blog Reviews

Review: Sword Art Online: Alicization – War of Underworld

SAO
©A-1 Pictures/Reki Kawahara
Sword Art Online: Alicization – War of Underworld — descrição técnica

Diretor: Manabu Ono
Estúdio: A-1 Pictures
Número de episódios: 12
Autor original: Reki Kawahara
Adaptado de: light novel
Gênero(s): ação, aventura, fantasia, jogo, e romance

SAO – War of Underworld é a continuação direta da terceira temporada da obra, mais especificamente a segunda parte de tal. 

Personagens
©A-1 Pictures/Reki Kawahara

Alguns personagens que anteriormente não tiveram tanto foco foram aproveitados dessa vez, como é o caso da Alice; a menina possuiu um papel fundamental na trama, sendo a heroína central agora que o protagonista está impossibilitado de batalhar.

Personagem que merece destaque: Alice Zuberg
Surpreenderam:
Asada Shino e Asuna Yuuki
Poderiam ser melhor aproveitadas:
Ronye Arabel e Tiese Shtolienen

Enredo
©A-1 Pictures/Reki Kawahara

A história ainda possui inúmeros mistérios e pontas soltas que provavelmente serão resolvidos quando o anime retornar, sendo assim, irei comentar apenas da minha concepção dentro dos doze primeiros episódios.

Comparado a temporada anterior, é inegável que essa foi um pouco mais “pé no chão”, não possuindo aquela correria toda; focando apenas na guerra como o próprio nome da obra sugere.

O enredo desenvolveu tanto o lado do território negro quanto o lado dos cavaleiros da integridade, que, dessa vez, possuíam um papel muito importante, já que a maior parte das cenas de ação foram protagonizadas por eles.

©A-1 Pictures/Reki Kawahara

A introdução da Asuna no enredo, por mais forçada que seja, não deixa de ser algo que agregue ao enredo, afinal, a menina ajudou muito na guerra, e um ponto que me chamou à atenção sobre ela é que por mais forte que seja, ela não está acostumada com aquele universo, e isso a atrapalha bastante no uso dos poderes. 

Animação e trilha sonora
©A-1 Pictures/Reki Kawahara

A animação na primeira temporada de Alicization era boa. Tinha ótimas cenas, porém, a falta de bons storyboards nas lutas e, principalmente, de coregrafia, prejudicou a experiência um pouquinho.

Já na continuação, a animação continua boa, dispondo de batalhas mais interessantes em alguns aspectos, pois aborda personagens diferentes — com outros estilos de luta e armas.

©A-1 Pictures/Reki Kawahara

As músicas da obra merecem ser elogiadas; principalmente a de encerramento cantada pela LiSA, que é simplesmente incrível, apesar de melancólica.

Já as demais continuam padrão, muito boas, porém, repetitivas, já que o anime insiste em usar a mesma trilha sonora da primeira temporada, mudando poucas coisas na masterização.

Em linhas gerais
SAO
©A-1 Pictures/Reki Kawahara

Este foi um bom retorno para o mundo de Alicization. O anime consertou alguns erros, mas pecou em outros pontos, como mais um vilão psicopata, por exemplo. 

Nota: 6 — Chocolat chaud (chocolate quente)


©David Production/Atsushi Ohkubo | “Selo Shinra de ‘poderia ter sido melhor’ para o enredo”

Sword Art Online: Alicization – War of Underworld está disponível no catálogo do serviço de streaming Crunchyroll
Leia mais reviews acessando ao nosso índice.
Confira mais reviews referentes ao outono de 2019.

Posts relacionados