Análises Semanais Animes Blog

The Promised Neverland | Episódio 10: A Partida

©CloverWorks/Kaiu Shirai/Posuka Demizu | “Plot Twist”
The Promised Neverland | Episódio 10 –130146

*Nota: The Promised Neverland está sendo acompanhado semanalmente; ou seja, toda semana haverá uma análise.

Mais uma semana se passa, e o fim de The Promised Neverland está chegando. Este episódio 10 do “anime do gado” nos mostra o melancólico estado de espírito das crianças e a dor de uma morte. Porém, será mesmo que aconteceu? Norman foi morto? Vamos descobrir agora, aqui no Café Stile.

Neste episódio, vemos o desenrolar da grande descoberta presenciada por Norman no final do episódio passado. Daquele muro, ele pôde perceber todos os detalhes em volta da Fazenda, como onde ela está e como está configurada espacialmente, e conta isso para Emma e Ray. Como era de se imaginar, há somente uma forma de escapar dali, que é pelo portão principal. Este, inclusive, por onde anteriormente tanto Emma quanto Norman viram a Conny morta.

Contudo, chega a hora de Norman enfrentar o seu destino. Segundo a própria mama Izabella, sendo enviado para o abate. Neste momento, os laços de amizade entre esse trio é demonstrado muito claramente, através do Ray desesperado tentando convencer Norman a fugir; da mesma forma Emma. Porém, ele assume a responsabilidade e se torna irredutível em suas convicções e vai em direção ao seu destino.

Flashbacks mostram a infância e a relação entre Norman, Ray e Emma quando crianças. É interessante observar essas relações sendo estabelecidas, e o quão fortes são os sentimentos que Norman tem para com Emma. Após tudo isso, chega a hora de Norman partir. As crianças começam a se despedir, menos Ray, que está num estado emocional muito abalado para ver seu amigo sendo levado para a morte.

Contudo, Emma não aceita isso e, em um ato de desespero, ela pula em cima de Norman, tentando fazer ele mudar de ideia e fugir; para isso, entregando aquele aparelho construído por Ray para desativar o rastreador. Norman, contudo, não aceita e repreende a garooa por isso. Então vemos Norman indo embora junto com a mama Izabella, enquanto Emma entra em um desespero profundo.

Já na floresta, em direção ao portão de saída da fazenda, há uma breve conversa entre Norman e a Izabella, na qual percebemos que mama não é ruim por ser ruim, ela na verdade tem sentimentos pelas crianças. Entretanto, ela faz o que têm que fazer em prol de sua sobrevivência naquele mundo. Ao chegar ao portão, a Mama pede a Norman para entrar dentro de uma sala para esperar. E, quando a porta se abre, ele vê algo que o surpreende, porém não é mostrado o que é. Apenas vemos a porta se fechando após Norman entrar.

Dias se passam e Emma continua num estado de depressão, onde ela não quer saber de mais nada. Pretende apenas aceitar aquilo tudo que virá acontecer. O Ray, aliás, está tão mal quanto, num estado de completo desânimo. É interessante retratar assuntos mais pesados com crianças com pano de fundo para a história. Depressão é algo sério e deve ser difundido e falado a respeito, principalmente quando a criança passa por esse tipo de problema.

Além disso, após Emma tentar convencer Ray a não desistir, ela vai para o seu quarto arrasada. E há a chegada de Izabella em seu quarto, tentando a convencer a se tornar uma mamãe para acabar com este sofrimento. Aqui nos é transmitida uma informação interessante e peculiar. Izabella conta que para ser Mamãe ou Irmã é necessário ter um filho.

Então isso quer dizer que tanto ela quanto a Irmã Krone tiveram pelo menos um filho. A questão é: aonde estão essas crianças? Onde estão os filhos da Irmã Krone e da Izabella? Mistérios a solucionar na obra. Ademais, quando Emma recusa a proposta da mama, ela cai ainda mais em prantos e tristeza. Inclusive, quando Izabella olha para trás e a vê assim, ela meio que sente um remorso e pena dela. Será que há uma mudança de comportamento da mamãe? Será que ela vai se tornar boazinha? Acho difícil, mas não custa sonhar.

Há uma passagem de tempo de semanas, e vemos que o aniversário do Ray está chegando, assim como a sua ida para o abate, como a Mama já havia mencionado há alguns episódios atrás. Ele aproveita, pois, sua última noite naquele lugar. Emma chega ali, e ambos têm uma breve conversa. E aí que há um plot twist, no qual Ray questiona se Emma havia realmente desistido de tentar escapar. A fisionomia do rosto dela diz que ela não desistiu de escapar. E o episódio termina.

Em linhas gerais.

Este episódio foi interessante para vermos o lado mais dramático dos personagens. os momentos de desespero e de profunda tristeza foram muito bem retratados aqui neste episódio. A animação está se mostrando consistente, mas são as expressões faciais que fazem tudo ser melhor representado.

Além disso, não sabemos o destino real do Norman, se morreu ou não. O que podemos tirar é que ele ainda está vivo. Se não tem o corpo dele morto, então é notório perceber que ele está vivo. A questão que nos vem a cabaça é o porquê. O que realmente aconteceu? Mistérios que ainda devem ser desvendados.

E vemos um show de atuação de Emma, sendo muito bem coreografado por ela, e enganando a  todos, para passar a sensação para a mama que ela havia desistido. O rosto dela no final é incrível, mostrando que ela ainda têm muito a fazer e que se render não é uma opção. Mas o que será feito? Qual será o plano de Emma? Mais mistérios que o anime nos mostra e que cuja solução teremos que esperar. Faltando apenas 2 episódios para o fim, esperamos um encerramento que nos surpreenda.

Nota: A – Brownie de chocolate com doce de leite

©Pine Jam/Sekina Aoi | “A Aguri representa a alegria desse episódio incrível.

The Promissed Neverland está em simulcast pelo serviço de streaming Crunchyroll e também pelo HiDive.

Posts relacionados